Itinerários como experiência turística

ITINERÁRIOS COMO EXPERIÊNCIA TURÍSTICA

 

IMG_itinerarios

O turismo do século XXI é uma atividade que deixou as características de massificação de espaços para trás, apresentando-se agora  como um setor onde territórios com diferentes características têm um espaço. Apareceram distintos segmentos de mercado, que procuram satisfazer as suas necessidades de lazer nos mais diversos contextos. Contudo, há algo transversal às distintas procuras que hoje existem no turismo: viver experiências. 

O turista atual procura fugir do seu quotidiano e interagir com os locais que visita. A sua sensibilidade relativamente à perceção paisagística e aos ambientes culturais é bastante marcada, levando a que seja imposto à oferta turística um cuidado maior nos serviços que oferece aos seus visitantes. O turismo passou então a ser uma experiência de consumo de imagens, atividades, património, paisagens e culturas. Assim, os itinerários passam a assumir um importante papel como ferramenta que agrega o interesse de um determinado território, permitindo uma oferta que acrescenta valor à visita do turista de uma forma estruturada e fácil de consumir.

Os itinerários, pedestres clicáveis ou motorizados são uma forma eficiente de contar a história de um território no seu contexto, criando vínculos entre o visitante e o local visitado, e de permitir ao turista levar boas recordações da sua estadia na bagagem.